Post

Gerentes que recebem coaching aumentam sua produtividade em até 86%

Quem recebe esse treinamento se torna mais estratégico e aumenta suas habilidades de liderança

Crescimento pessoal em benefício do profissional, o que favorece a empresa, é um dos principais objetivos que as instituições que têm em consideração quando pensam em programas de coaching para seus diretores.

De acordo com a consultora chilena NextLevel Careers, um gerente que recebe esse tipo de capacitação consegue aumentar em até 86% sua produtividade, produzindo lucros para a empresa no longo e médio prazo.

Segundo Andrés Freudenberg, lead trainer da NextLevel Careers, “o coaching é uma ferramenta que ajuda as pessoas em assuntos específicos, seja no âmbito pessoal ou de trabalho. O objetivo é que cada indivíduo encontre  suas próprias respostas através de um processo de crescimento que inclui o apoio necessário para esclarecer os objetivos, definir metas, superar obstáculos, descobrir os pontos fortes e encontrar a motivação necessária para chegar ao ponto que se quer alcançar”.

Embora não seja necessário nenhum requisito para receber coaching, a maioria dos executivos chega através do departamento de recursos humanos de suas respectivas empresas por diversas razões, seja para mudar sua disposição, assumir novos desafios ou ter um compromisso mais ativo com a empresa, acrescenta o especialista. De fato, um a cada quatro executivos no mundo recebe um treinamento desse tipo.

Segundo um estudo realizado pela Harvard Business Review, os executivos que têm esse benefício de treinamento se tornam mais estratégicos e aumentam suas habilidades de liderança, o que se reflete no impacto que têm sobre os outros e no modo de agir das pessoas no grupo de trabalho.

Segundo Freudenber, na América Latina, o coaching ainda não chegou com força: da totalidade dos coachings no mundo, somente 5, 4% estão na região. “É uma ferramenta que precisa de desenvolvimento, nós estamos começando com isso, diferentemente das empresas norte-americanas ou europeias que veem o coaching como algo necessário, e, inclusive, algumas delas, têm os especialistas dentro da própria empresa”.

“As empresas chilenas ainda são reticentes para investir, nos prazos médio e longo, em seu capital mais importante: as pessoas. Um pensamento que ainda devemos mudar”, finaliza.

Fonte: AméricaEconomía

http://www.contabeis.com.br/noticias/15777/gerentes-que-recebem-coaching-aumentam-sua-produtividade-em-ate-86/

LEAVE A COMMENT